Com novos poços, comunidades rurais de Afogados da Ingazeira tem oferta de mais de 13 mil litros de água por hora

LEITURA - INTERIOR

alt

Só quem vive no semiárido nordestino e sofre com a escassez de água nos períodos de estiagem sabe da alegria de ver a água jorrar de um poço recém-perfurado.

Com recursos do Fundo Estadual de Apoio aos Municípios (FEM), a Prefeitura de Afogados da Ingazeira está perfurando 46 novos poços na zona rural do município. É nítida a alegria e euforia dos moradores da comunidade Saco da Serra ao ver a água jorrar do poço perfurado. A vazão do poço é de 1.400 litros por hora.

Na região, a Prefeitura também perfurou, de forma exitosa, poços em Queimadas e no Sítio São José de Queimadas. Juntos, esses dois últimos poços deram vazão de 12.400 litros por hora, uma verdadeira benção para quem sofria as agruras de ter que carregar latão d’água na cabeça.